Artigos

Eficiência Energética: o que é e quais os benefícios

GreenYellow

5 de outubro de 2020

Publicado por: GreenYellow

Eficiência energética é um termo cada vez mais em alta, tanto para os consumidores tradicionais quanto para empresas e indústrias. E isso não é por acaso, já que as tarifas de energia não param de subir.

De acordo com os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)¹, a tarifa de energia aumentou 82% nos últimos 10 anos. A crise hídrica, contudo, faz com que os especialistas acreditem que esse valor continue subindo pelos próximos anos.

Para as indústrias, a situação é ainda pior. De acordo com um estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI)², em 2022, a perda estimada no Produto Interno Bruto (PIB) do país, devido à alta da energia, é de R$ 14,2 bilhões.

Diante desse cenário, se faz cada vez mais urgente pensar em eficiência energética, de modo a reduzir os custos produtivos e manter a sua empresa ou indústria competitiva. Quer entender melhor o assunto? Siga conosco!

O que é eficiência energética?

De maneira simples, podemos definir eficiência energética como a capacidade de se trabalhar com a energia de forma mais otimizada: obtendo um bom resultado com um gasto menor.

Em uma indústria, por exemplo, significa otimizar os equipamentos e insumos necessários para a produção, consumindo menos energia.

Para isso, é fundamental usar tecnologias capazes de aproveitar melhor a energia elétrica, reduzindo o consumo. Além dos custos menores, é claro, existe um impacto reduzido ao meio ambiente.

Também podemos explicar a eficiência energética fazendo uma relação entre a quantidade de energia necessária para uma determinada ação e o total energético disponível para tal.

Um exemplo básico disso é a lâmpada LED. Ela consegue entregar a mesma eficiência de iluminação utilizando bem menos watts que uma lâmpada incandescente. Ela também transfere menor quantidade de calor ao ambiente, sendo uma excelente opção para lugares climatizados. E tem mais: sua duração é 50 vezes maior que as outras.

Agora imagine isso tudo aplicado a diversas outras situações. Afinal de contas, a eficiência energética pode ser alcançada por uma infinidade de meios. Como exemplos, podemos citar ar-condicionado, motores de alto rendimento, refrigeração e sistemas de cogeração (quando uma única fonte consegue prover mais de um tipo de energia).

E um lembrete: apesar de aqui estarmos focando em energia elétrica, vale ressaltar que a eficiência energética também pode ser aplicada a objetos que consomem outras matrizes, como gás natural e combustíveis fósseis.

Quais os benefícios da eficiência energética?

Depois de entender o conceito de eficiência energética, ficou mais fácil perceber os benefícios que ela traz, não é mesmo? 

Quando aplicada a uma indústria ou empresa, essa economia se traduz em maior competitividade, saindo na frente dos concorrentes — e até em uma margem de lucro maior. Vamos ver tudo isso em detalhes?

Redução de custos

Uma simples substituição de lâmpadas já traz um impacto financeiro surpreendente. Por exemplo, ao usar lâmpadas de LED em vez das incandescentes, é possível ter uma economia em torno de 90%.

De forma mais prática, em um ambiente industrial, também é interessante rever a tecnologia usada de tempos em tempos. Afinal, cada vez mais as empresas que produzem maquinários e equipamentos têm se empenhado em produzir itens eficientes do ponto de vista energético. Se o seu negócio utiliza maquinários ou equipamentos muito antigos, você pode estar gastando mais energia do que o necessário — e pagando mais caro para produzir.

Embora essa seja uma medida importantíssima, quando falamos em reduzir a conta de luz, não é preciso altos investimentos logo de primeira.

Uma atitude simples e eficaz para sua empresa pode ser a adoção de hábitos conscientes por parte de todas as pessoas que frequentam a organização. Não deixar ambientes vazios com a lâmpada acesa é um dos mais comuns — e ainda assim quase sempre esquecido.

É possível, também, trazer a tecnologia para otimizar esses ambientes. A iluminação inteligente, com setor de presença e sensorizador com controle de intensidade, é uma saída para reduzir o gasto energético nesses espaços.

Por outro lado, existem soluções que envolvem prestar atenção a detalhes que muitas vezes passam despercebidos. É o caso de analisar a fatura de energia para encontrar informações que apontam algo de errado no valor.

Isso engloba ficar de olho na demanda contratada, verificar o consumo durante os períodos de ponta (horários em que a demanda e o preço da tarifa aumentam) e pesquisar se alguma multa foi aplicada à empresa.

Sustentabilidade

Produzir energia elétrica no Brasil é sinônimo de impacto ambiental. Afinal, a maior parte da nossa produção vem de hidrelétricas, que precisam alagar grandes áreas, trazendo impactos à biodiversidade e à população ribeirinha.

Com a crise hídrica, cada vez mais temos que recorrer às termelétricas, que produzem energia a partir da queima de combustíveis fósseis — sendo altamente poluente.

Isso significa que, ao produzir mais consumindo menos energia, você acaba contribuindo para reduzir os impactos ambientais, pois necessitará de uma quantidade menor de energia.

Como medida complementar, você pode optar por investir em energia limpa sempre que possível. Assim também coopera para diminuir o impacto que as fontes finitas causam ao meio ambiente.

Melhora na imagem da empresa

Se a sua empresa consome menos energia e impacta menos o meio ambiente, ela passa a ser vista de maneira diferenciada tanto pelo público consumidor como pelos parceiros de negócios e investidores.

Cada vez mais nossa sociedade entende a importância de termos ações sustentáveis, visando a preservação dos recursos para as próximas gerações. Assim, empresas que têm no seu cerne essa preocupação acabam ganhando destaque, podendo vender seus produtos com valores mais altos.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Travessia³ mostrou que 63% dos consumidores brasileiros pensam em reduzir o consumo de produtos e serviços que prejudicam o meio ambiente, e 74% pensam em deixar de comprar um produto ou serviço de uma empresa cuja atividade é considerada prejudicial ao meio ambiente.

Essa melhora na imagem não está atrelada apenas ao público consumidor, mas também aos investidores. Essas companhias são conhecidas pela sigla ESG (abreviação em inglês de Environmental, Social and Governance, ou, Ambiental, Social e Governança Corporativa).

Números da BlackRock⁴, a maior gestora de ativos do mundo, mostram que osativos alocados em fundos ESG saltaram de menos de 700 bilhões de dólares em 2018 para 900 bilhões de dólares em 2019.

No Brasil, o cenário não é diferente. Dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais)⁵ mostraram que, no primeiro bimestre de 2021, houve um aumento de 787% no patrimônio líquido dos fundos na categoria sustentabilidade em relação ao mesmo período do ano anterior.

Maior previsibilidade e ganho de competitividade

Com um plano de eficiência energética, você controla melhor as despesas da sua empresa e conhece seus principais consumidores de energia.

Consequentemente, tem maior previsão dos gastos mês a mês e pode conhecer as variáveis que impactam seu consumo — temperatura externa, época do ano, datas festivas — trazendo maior precisão na elaboração de orçamentos anuais.

São muitas as maneiras de atingir a eficiência energética no seu negócio (explicaremos em detalhes no tópico abaixo). Mas, já adiantamos: várias delas permitem que você tenha mais segurança nos custos com a energia, e, dessa maneira, consiga realizar um orçamento mais confiável.

Afinal, em um cenário como o que vivemos, em que as bandeiras tarifárias praticamente mudam a cada mês, as previsões orçamentárias se tornam nulas, já que fica quase impossível saber exatamente quanto sua indústria vai pagar pelo mesmo consumo.

Essa falta de previsibilidade impede o crescimento do negócio e “corrói” o lucro. Caso o industrial resolva não pagar esse custo extra, acaba repassando-o ao comprador, encarecendo toda a cadeia e fazendo com o que o item chegue a um preço mais alto ao consumidor. O resultado: perda de competitividade.

Quem deseja iniciar no mercado internacional sofre ainda mais, pois terá de competir com países em que o custo da energia e da produção no geral são muito mais baixos.

Já se você consegue estimar corretamente os seus custos com energia, pode entender como reduzir seus custos operacionais, produzindo mais, com qualidade a custos menores. Isso permite aumentar as margens de lucro ou reduzir o preço de venda, tornando seu produto mais interessante tanto no mercado interno como externo.

Melhoria na operação

Ao investir em eficiência energética, você trabalha, também, com maquinários e tecnologias mais atuais. Isso significa possibilidade maior de salto na sua produção. Além de produzir mais, também conseguirá fazê-lo com mais qualidade.

Muitos maquinários modernos permitem a automação de processos e oferecem controle mais preciso sobre diversas questões que impactam nos custos produtivos e na qualidade do produto final.

Novamente, um produto mais barato com melhor qualidade torna-se mais atrativo aos consumidores, aumentando a competitividade e diferenciando o seu negócio.

Como alcançar a eficiência energética na sua empresa?

Com tantos benefícios, uma dúvida comum aos gestores é sobre, como, afinal, atingir a eficiência energética. 

Não existe caminho fácil.É preciso repensar sua tecnologia e analisar as possibilidades de abastecimento energético, e a melhor forma de otimizar o abastecimento é buscando soluções inteligentes e sustentáveis, como veremos a seguir.

Fazer auditorias periódicas de consumo

Para garantir o maior desempenho e resultados nos projetos de eficiência energética, é preciso conhecer detalhes sobre a rotina de consumo, realizando um pré-diagnóstico (PD) ou um diagnóstico energético (DE).

Para realizar esse procedimento de forma assertiva, é importante a contratação de uma auditoria que identifica as ações que trarão um maior ganho energético e, consequentemente, um maior payback na implementação das mudanças — esse serviço pode ser contratado integralmente, ou ser dividido por etapas.

Atualização do maquinário e demais equipamentos

A atualização do maquinário é uma etapa crucial para o gestor que deseja alcançar eficiência energética. Afinal, tecnologia antiga é sinônimo de desperdício de energia. É preciso analisar toda a planta do negócio, compreendendo quais são os locais com maior perda energética e as soluções disponíveis no mercado.

Além da linha produtiva, você pode precisar atualizar o sistema de refrigeração industrial, o sistema de ar-condicionado da indústria e dos escritórios, os sistemas de iluminação e diversos outros pontos, considerando produção, escritórios, galpões de depósito e logística, pontos de venda etc.

Acompanhamento de resultados

Após a implementação do projeto, é preciso ter uma rotina de acompanhamento de resultados. É necessário que o ganho energético se mantenha constante.

Sendo assim, o monitoramento dos resultados torna-se uma constante imprescindível para entender e garantir os resultados das ações implementadas. Os resultados alcançados são avaliados por meio de um plano de Medição & Verificação, que ajudam o usuário a entender onde e quanto a redução do consumo de energia se manteve presente.

Ações complementares para realizar sua transição energética

Outras ações podem ser citadas em destaque para que o objetivo final seja alcançado.

Fontes sustentáveis

Outra forma de investir em soluções de descarbonização, além da atualização tecnológica, é pensar em sistemas sustentáveis para gerar sua própria energia. Dessa forma, você dependerá menos da concessionária e dos formatos tradicionais, diminuindo o impacto das constantes alterações de tarifa.

A energia solar é, sem dúvida, uma das mais interessantes para empresas e indústrias de diversos segmentos e portes. Afinal, a luz solar é uma fonte inesgotável e muito presente no nosso país. É possível usar as diferentes áreas da sua empresa para a instalação do sistema fotovoltaico, como o prédio da sede ou o galpão da produção, o estacionamento e diversos outros locais.

Para isso, sem dúvida, é indispensável uma assessoria completa, capaz de dimensionar o sistema adequado para suprir sua necessidade. O retorno sobre o investimento é rápido, e os sistemas fotovoltaicos têm alta durabilidade (mais de 25 anos), com custos baixíssimos de manutenção

Mercado Livre de Energia

Outra alternativa para grandes consumidores de energia, é a possibilidade de comprar energia renovável direto de um grande gerador, ao invés de investir no ativo solar. Para isso, será preciso migrar para o Mercado Livre de Energia.

Assim, ao invés de comprar energia da concessionária, você poderá negociar diretamente com os produtores de energia, avaliando quais tarifas são ideais para o seu negócio e as características de fornecimento.

Além de comprar energia das concessionárias tradicionais, nesse meio, você poderá comprar energia sustentável, com preço atrativo e aproveitando todas as benesses de ter uma marca sustentável (como melhoria na imagem junto ao público consumidor e investidores).

Que tal dar os primeiros passos e ter mais eficiência energética?

Neste conteúdo, você viu que a eficiência energética não é mais um diferencial, mas uma verdadeira necessidade para as empresas e indústrias que desejam crescer e prosperar, tornando-se mais competitivas.

Afinal, as tarifas energéticas não param de subir no nosso país — e a previsão é que a crise hídrica se torne mais presente e forte na nossa sociedade, fazendo com que o preço do kWh no Brasil seja ainda mais caro.

Então, se a sua empresa deseja continuar produzindo com custos controláveis, a eficiência energética é um imperativo. A boa notícia é que investir em tecnologia para modernizar sua produção e os demais prédios do negócio é uma excelente forma para se atingir essa eficiência.

Curtiu nossas dicas sobre eficiência energética? A GreenYellow é especialista no tema, oferecendo diversas soluções — desde a modernização do parque produtivo e demais demandas do negócio, passando por projetos de geração de energia sustentável e auxiliando na migração e na operação no Mercado Livre de Energia.

Conheça nossos cases! Com eles, você verá de que forma nossas soluções têm ajudado empresas e indústrias de diversos setores e gastarem menos com energia elétrica e preverem seus custos produtivos.

No Brasil desde 2013, somos uma empresa de soluções em energia e temos por objetivo acelerar a transição energética de nossos clientes, utilizando um programa global e multisserviços, fornecendo soluções nas áreas de Eficiência Energética, Energia Solar, Comercialização de Energia e Soluções Digitais.

FALE CONOSCO

RELAÇÃO COM INVESTIDORES

icone para o linkedin icone para o instagram icone para o facebook