Energia Solar

Fazenda solar: saiba como investir nessa solução de energia limpa

GreenYellow

23 de maio de 2022

Publicado por: GreenYellow

Com o mercado de energia solar em franco crescimento, inúmeras alternativas ao sistema tradicional começam a se tornar interessantes para os diferentes públicos, como é o caso da fazenda solar.

De acordo com os dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)¹, em fevereiro de 2022, foi registrado um aumento de 80% na geração de energia fotovoltaica em relação ao mesmo período de 2021.

Esse aumento se dá nos diversos tipos de gerações, confirmando o interesse crescente dos brasileiros em energia fotovoltaica. Se você faz parte desse grupo de pessoas que deseja saber mais sobre o assunto, precisa conhecer a opção de fazenda solar.

O que é fazenda solar?

A fazenda solar é um projeto instalado no campo ou em área rural, com um tamanho e uma potência de geração menores que as grandes usinas solares.

Enquanto em um sistema de geração fotovoltaico tradicional, usado em casas ou empresas, as placas fotovoltaicas instaladas são dimensionadas apenas para suprir o consumo energético do imóvel, em uma fazenda solar, são instaladas inúmeras placas que visam gerar energia para terceiros.

A fazenda solar pode tanto trabalhar com o sistema de geração distribuída como compartilhada.

Na geração compartilhada, um grupo de pessoas forma um consórcio ou uma cooperativa para adquirir cotas ou alugar uma fazenda solar. Assim, a energia gerada é distribuída de acordo com a cota que cada participante possui. Neste conteúdo, iremos focar nas fazendas solares de geração distribuída.

O termo fazenda solar surgiu na década de 1990, quando alguns fazendeiros alemães começaram a “cultivar” energia solar, ou seja, começaram a instalar sistemas fotovoltaicos nas suas terras, revendendo a energia gerada para as distribuidoras, incentivados pelo governo alemão.

Como funciona a fazenda solar?

Para entender como funciona uma fazenda solar, primeiro, precisamos explicar o conceito de Geração Distribuída. Esse é o termo dado à energia produzida no local de consumo ou próximo a ele.

O termo refere-se a um conceito de compensação de energia elétrica no Brasil, com micro ou minigeradores capazes de abastecer, comércios e indústrias próximos ao centro de carga. Eles podem injetar até 5MW de potência na rede. As construções dessas fazendas não dependem de concessões.

A geração distribuída no Brasil tem como base o net metering, no qual o consumidor-gerador, após descontado seu próprio consumo, recebe um crédito na sua conta pelo saldo positivo de energia gerada e não consumida.

Regulamentação da geração distribuída

Até 2012, a Geração Distribuída era regulamentada por meio da Resolução Normativa 482², em janeiro de 2022, houve a promulgação do Novo Marco Legal da Geração Distribuída, a Lei 14.300/2022.

De acordo com ela, são considerados sistemas de microgeração distribuída aqueles com potência instalada inferior ou igual a 75 kW, e de minigeração distribuída os que trabalham com potência superior a 75 kW e inferior a 5 MW.

Incentivos à geração distribuída

Com a promulgação do “Marco Legal da Microgeração e Minigeração distribuída”, há mais segurança jurídica para quem produz a própria energia.

Hoje quem injeta energia na rede ganha um crédito e pode usá-lo de forma integral no abatimento da conta de luz. Com o novo marco, quem fizer a adesão até meados de julho de 2023 terá um “desconto” de 4,1% na energia injetada para custear a infraestrutura elétrica.

Já a adesão após 7 de julho de 2023 terá o mesmo percentual de 4,1%. Porém, o reajuste passa a ser a partir do próximo ano. Enquanto, no caso anterior, esse reajuste apenas será feito em 2031.

Para a geração distribuída, essa segurança jurídica é muito importante, já que agora tudo está regulado e claro. Por isso, a Associação Brasileira de Geração Distribuída projeta um crescimento de 12,1 GW para este ano, o que significa mais de 91,7%.

Quais os benefícios e como investir na fazenda solar?

Depois de entender como funciona uma fazenda solar e de que forma ela pode vender energia, já deu para notar que existem muitos benefícios na prática, não é mesmo?

Afinal, quem tem um comércio ou empresa pode comprar a energia gerada por essas fazendas e, assim, conseguir economizar com a conta.

Caso você tenha, por exemplo, uma empresa com várias filiais, como diversas lojas, é possível usar a fazenda solar para abater o valor da conta de energia de todas elas. Nesse caso, a exigência, contudo, é que todas as filiais tenham suas fazendas na área da mesma concessionária.

Isso traz muito mais economia, permitindo que você reduza seus custos de energia, o que, é claro, aumenta a competitividade do seu negócio. Afinal, é válido lembrar que o Brasil é o segundo país do mundo com a energia mais cara.⁵ Então, se você consegue comprar energia por um preço menor, acaba saindo na frente de inúmeras empresas.

Além desse ponto, não podemos deixar de citar que, ao comprar energia de uma fazenda solar, você usa uma energia renovável. Isso torna sua empresa muito mais sustentável. E você pode usar esse gancho nas suas campanhas de marketing, atraindo consumidores que tenham essa preocupação ambiental — e também para diferenciar sua empresa perante os investidores como produtora ou consumidora de energia verde.

Ou seja, além de economizar com os custos referentes à energia (aumentando sua competitividade), você ainda pode posicionar a sua marca com um marketing verde e atrair investidores preocupados com a sustentabilidade.

Outro ponto importante é a pegada de carbono. Ao investir em uma energia limpa e renovável, é possível reduzir a pegada de carbono do seu negócio. Basicamente, o termo se refere à quantidade de carbono emitida por pessoas, empresas ou tipo de atividade.

De acordo com um levantamento do SEEG (Sistema de Estimativas de Emissões e Remoção de Gases de Efeito Estufa), o Brasil é o sexto país mais emissor de gases de efeito estufa. Reduzir a pegada de carbono da sua empresa é contribuir com o planeta, ajudando a reduzir, também, as mudanças climáticas que afetam toda a sociedade.

Por fim, não podemos deixar de citar a previsibilidade de custos. Ao usar os serviços de uma fazenda solar, é possível ter uma noção mais exata de qual será o gasto médio com energia na sua empresa, reduzindo a dependência das concessionários e a exposição às constantes mudanças tarifárias e, dessa forma, realizar planejamentos e previsões orçamentárias mais fidedignas, melhorando a saúde financeira da sua empresa e aumentando a competitividade dela.

Como investir

Se você achou a ideia interessante, uma maneira de conseguir os benefícios da fazenda solar é contando com uma empresa especializada, como a GreenYellow.

Nós realizamos todo o estudo para a montagem de uma fazenda solar exclusiva para o seu negócio. Assim, toda a energia produzida pela fazenda será injetada na rede e será gerado créditos de energia. Esses créditos, por sua vez, serão empregados para abater no valor da conta de energia do seu negócio (tanto a sede, como as filiais, desde que estejam na mesma área de cobertura da concessionária).

Neste conteúdo, você aprendeu que as fazendas solares são locais com grande capacidade de produção de energia fotovoltaica, usando o sistema de compensação de créditos e de geração distribuída.

Se você curtiu essas dicas, com certeza vai gostar do nosso conteúdo sobre usinas solares. Entenda como elas funcionam e de que modo contratar energia dessas usinas!

¹ https://www.cnnbrasil.com.br/business/alta-da-geracao-solar-em-2022-e-explicada-por-aumento-de-usinas-diz-especialista/

² http://www2.aneel.gov.br/cedoc/ren2012482.pdf

³ https://www.gov.br/pt-br/noticias/energia-minerais-e-combustiveis/2022/01/sancionada-lei-que-institui-marco-legal-da-geracao-distribuida

https://abren.org.br/2022/02/16/marco-legal-da-gd-dispara-corrida-do-ouro-em-2022/#:~:text=6%3A55%20am-,Marco%20Legal%20da%20GD%20Dispara%20%E2%80%9CCorrida,Ouro%E2%80%9D%20em%202022%20(CanalEnergia)&text=A%20aprova%C3%A7%C3%A3o%20do%20novo%20marco,especialmente%20para%20a%20fonte%20solar

https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2022/01/11/brasil-e-o-2-pais-com-energia-mais-cara-e-pode-virar-o-1-diz-instituto.htm#:~:text=O%20Brasil%20%C3%A9%20o%20segundo,levantamento%20(confira%20mais%20abaixo)

No Brasil desde 2013, somos uma empresa de soluções em energia e temos por objetivo acelerar a transição energética de nossos clientes, utilizando um programa global e multisserviços, fornecendo soluções nas áreas de Eficiência Energética, Energia Solar, Comercialização de Energia e Soluções Digitais.

FALE CONOSCO

RELAÇÃO COM INVESTIDORES

icone para o linkedin icone para o instagram icone para o facebook